8 Tipos de tampo de bancada para cozinha

Com tantas opções no mercado, o material mais adequado deve respeitar quesitos como durabilidade e facilidade de limpeza, sem deixar de pensar numa bancada bem projetada, que atenda às necessidades dos moradores



Bancadas de Dekton e de MDF revestido de laminado decorativo estão integradas na cozinha da SCA Jardim Europa | Foto: Rafael Renzo

É necessário seguir diversas etapas para conquistar uma cozinha funcional e sempre bonita. Além de caprichar na seleção dos revestimentos de pisos e paredes, deve-se acertar na escolha da bancada da pia, elemento primordial no dia a dia da família. Que material eleger? Quais os diferenciais de cada um? O que levar em consideração? Essas são algumas das dúvidas mais comuns sobre esse assunto. E para respondê-las, reunimos as dicas das arquitetas Danielle Dantas e Paula Passos, do escritório Dantas & Passos Arquitetura, e da  Karina Alonso, arquiteta e sócia da SCA Jardim Europa, em São Paulo.



Bancada de Quartzo Stone Silver Gray 2 cm da Asti Mármores. Projeto assinado pelo escritório Dantas & Passos Arquitetura. Foto: Maura Mello.

A definição da bancada começa pela escolha do material que melhor se adequa à linguagem do projeto, além, obviamente, do valor disponível para a obra, considerando que há opções para todos os gostos e estilos. Também deve-se saber a intensidade do uso da cozinha e qual o comportamento do material em relação ao dia a dia da família.


É primordial especificar materiais duráveis. No caso de bancadas de cozinhas integradas, segundo as arquitetas, convém que o material eleito esteja em harmonia com os demais adotados no ambiente vizinho. Resolvidas às questões de estética e resistência, o próximo passo é a compra e a instalação com empresas especializadas no produto escolhido. Também convém seguir à risca os cuida