Apartamento de 165m² tem marcenaria exclusiva para atender as necessidades dos clientes.

Apartamento assinado pelo Estúdio Maré conta ambientes multifuncionais e marcenaria diferenciada

Fotos: Luiz Franco


O casal jovem com um filho pequeno, de apenas 5 anos, pediu ao escritório intervenções nas áreas molhadas que nunca haviam sido reformadas e nos quartos e sala, que envolviam a restauração do piso de madeira e o aproveitamento dos espaços - uma vez que a planta original do apartamento já é super espaçosa e os janelões de madeira permitem uma super iluminação.

O ponto de partida principal desse projeto foi a integração da cozinha com a sala por meio da porta-camarão que desenhamos, que foi executada em serralheria. O grande vão permitiu que a cozinha pudesse ficar integrada sempre que os clientes quisessem.

"Reformamos os dois banheiros por completo. O banheiro do casal que já era espaçoso e antes tinha uma banheira de hidromassagem mais robusta foi atualizado através dos revestimentos e acabamentos e de uma banheira mais contemporânea e atual", comenta a arquiteta Livia Leite.

Para o segundo banheiro, que serviria para o filho deles e como lavabo, os clientes pediram que não fosse tão infantil já que seria um banheiro de visitas também. "Por isso escolhemos os revestimentos com a estampa azul desenvolvidos pela Portobello em parceria com o Instituto Athos Bulcão", ressalta a arquiteta.


Já para a cozinha que, tem originalmente o pé direito de 3 metros, o escritório optou por não fazer forro de gesso e distribuir a iluminação através de cabos elétricos que ligam as luminárias fixadas na própria laje.




Além disso utilizaram, muito, a serralheria, tanto para a porta da cozinha e da lavanderia quanto para a estante suspensa, que contrastou com a leveza dos revestimentos e valorizou ainda o mais o pé direito.

O apartamento conta ainda com um espaço multifuncional, utilizado como escritório, sala de TV e quarto de hóspedes. Nesse ambiente, o Estúdio Maré criou um bom espaço para armazenamento para uma coleção de livro dos moradores. "Optamos ainda por um tom neutro e claro na marcenaria para trazer conforto e luminosidade para o espaço e colocamos um toque de azul nos nichos, para sair do óbvio", lembra Livia.





Para o living, a arquiteta desenhou o rack e a estante seguindo a mesma linguagem da serralheria da cozinha, em virtude da proximidade dos espaços, dessa forma, o mobiliário conversa entre si.



A sala conta com móveis neutros em branco e palha para deixar como plano de fundo a parede de tijolinhos e de cimento queimado que são pontos altos do projeto, nesse ambiente.

O quarto do filho foi projetado para atender ao seu crescimento e conta com espaço para estudos, para leitura, para armazenamento dos brinquedos e uma bicama para receber amigos.