CASACOR RIO: 30 ANOS ANTECIPANDO AS TENDÊNCIAS DO MORAR




Pela primeira vez, mostra é híbrida: presencial e digital oferecendo novas possibilidades aos amantes da arquitetura, decoração, design e paisagismo

Os tempos mudaram. E todas as atenções se voltaram para as nossas casas que, mais do que nunca, se transformaram em nosso universo e refúgio. A pandemia despertou muitas necessidades acelerando movimentos que prometem provocar mudanças até nos lançamentos imobiliários que estão por vir. E, como não poderia deixar de ser, a CASACOR Rio traz muitas destas tendências do morar numa mostra diferente de tudo que já se viu. Híbrida, conta com uma versão presencial, com foco na experiência de visita à casa: um palacete icônico no Jardim Botânico rodeado por 12 mil m² de Mata Atlântica. E uma versão digital que privilegia novos formatos ampliando ainda mais seu público, que mesmo à distância, pode explorar cada cantinho dos 38 ambientes - entre espaços, pátios e jardins - em um guia digital com vídeos interativos e tours 3D.

Seguindo os protocolos sanitários da Organização Mundial de Saúde (OMS), as visitas presenciais devem ser pré-agendadas já que há limite de pessoas por ambiente. A arquitetura da casa principal, aliás, é grande aliada já que os amplos janelões e portas presentes em todos os cômodos permitem uma ventilação cruzada que deixa arejados todos os 23 ambientes internos da residência de 2.500 metros quadrados. Enquanto nos jardins, outros 15 espaços de lazer convidam o público a passear pela extensa área verde. Participam dessa edição 57 profissionais da arquitetura, paisagismo e design de interiores que tiveram a missão de fazer interferências modernas na arquitetura eclética da propriedade.


Cynthia Berlandez Pedrosa e Raphael Pedrosa Zay - Atrium

→ Roteiro de tendências! ESPAÇOS FLEXÍVEIS E MULTIFUNCIONAIS. Nos últimos meses, todo mundo viu as funções de seus espaços se multiplicarem. A sala ou quarto ora funcionam como home-office, ora como home-fitness, ora como canto de estudo ou entretenimento. E não faltam exemplos de ambientes com múltiplas funções nessa CASACOR Rio: a Sala Íntima do Hóspede (Tatiana Lopes e Tatiana Mendes) é também saleta de estar, home-office e home-fitness. O Home Office & Games (Caco Borges e Carolina Haubrich) abriga os recursos tecnológicos para o trabalho e o entretenimento. O Refúgio (Adriana Esteves) tem bar, cozinha, estar. Já no Living Mutante (Gisele Taranto) tudo pode mudar, das obras de arte à composição do ambiente. Enquanto na Casa UP (Michelle Wilkinson, Thiago Morsh e Cadé Marino) funções se misturam e dão novos nomes aos espaços: receber e relaxar (sala); amar e descansar (quarto); compartilhar e guardar memórias (cozinha integrada); purificar e