Como aproveitar a Black Friday para repaginar a casa

Cuidados e vantagens para usufruir dos descontos imperdíveis no dia 27 de novembro


Estamos em meados do mês de novembro e uma data importante do varejo se aproxima: a Black Friday, que oficialmente acontece no dia 27 de novembro. E a expectativa é alta: do lado dos consumidores, fica o sonho de comprar, com um preço mais atrativo, aquele bem de consumo sonhado por muitos meses e, para o comércio, a oportunidade de vender e recuperar as perdas acumuladas em função da pandemia.

Os números projetam otimismo: segundo estimativas da Ebit/Nielsen, as vendas por meios digitais – modalidade que deve continuar fortalecida em função da necessidade de distanciamento social –, deve crescer 20% na comparação com o mesmo período de 2019.

Para quem, esse ano, mudou de casa ou realizou mudanças em função no novo morar, já que nosso lar tornou-se endereço de descanso, trabalho e lazer, a Black Friday pode ser a oportunidade para adquirir aquele eletrodoméstico que ficou faltando, o móvel que deve complementar o ambiente repaginado ou o objeto para dar o toque final no décor.


Para o consumidor, não adianta posicionar-se à frente do notebook apenas no dia da BlackFriday e sair procurando o que se deseja comprar. “O ideal é iniciar uma reflexão a partir de agora”, afirma a arquiteta Cristiane Schiavoni. “Listar o que se deseja, avaliar as marcas, lojas e iniciar uma busca serão parâmetros para saber se o desconto é real ou apenas um recurso utilizado para nos levar às compras por impulso”, complementa.