Como usar as candy colors na decoração?

Profissionais mostram como trabalhar com tons pastel em casa


Projeto Andrade & Mello Arquitetura | Foto Luis Gomes

As candy colors são famosas e estão em alta no décor já faz um tempo. Conhecidas também como tons pastel, elas parecem com a pigmentação do giz de lousa, com cores delicadas e suaves. Foi na década de 60 que se tornaram populares pela primeira vez, influenciadas pela sutileza e elegância que a época pedia. Elas voltaram mesmo à tona em 2013 nas passarelas e nas casas, e o sucesso só confirma que a moda e a decoração seguem sempre juntas.

Versáteis, as candy colors se transformaram em grande tendência e compõem muitos projetos por meio de pinturas, acabamentos e acessórios, como almofadas, entre outros. Por reforçar a atmosfera delicada e suave, as cores são muito bem empregadas em quartos de crianças e ambientes leves, mais românticos e femininos.

Os arquitetos Renato Andrade e Erika Mello, do Andrade & Mello Arquitetura, junto da arquiteta Cristiane Schiavoni, do Cristiane Schiavoni Arquitetura e Interiores, adoram trabalhar com esses tons e compartilham dicas e propostas para utilizar as candy colors de diferentes maneiras.


Nas paredes do projeto da Andrade Mello (primeira foto) a combinação do revestimento em madeira clara e o tom verde, que remete ao mar, cria uma composição aconchegante. As sensações de conforto e acolhimento são exatamente o que uma casa na praia pede. 



Projeto Cristiane Schiavoni | Foto Carlos

As crianças adoram cores! Neste ambiente, a profissional optou por alinhar duas tendências: as candy colors e a geometria. O resultado foi um ambiente moderno e bonito para a pequena cliente.