Técnica artesanal do macramê se destaca em peças da Thirty Seven Trend

Perfeitas para criar um clima boho, as peças podem decorar paredes, vasos e muito mais




Como não se apaixonar pelo macramê? A técnica artesanal de tecer com nós é antiga e se aproxima do crochê, mas é inteiramente feita com as mãos, dispensando o uso de agulhas. “É uma técnica de tecelagem manual, em que se trabalha com os dedos para cruzar e amarrar os fios, formando uma composição rica. Muitos acreditam que o macramê seja uma evolução dos nós, que ganharam um trabalho muito mais elaborado”, conta Nathalie Serafin, estilista e CEO da Thirty Seven Trend, marketplace que prega a filosofia slow fashion e exalta artesãos brasileiros.

Segundo Nathalie, a origem do macramê é indefinida, mas remete à pré-história, quando o ser humano aprendeu a amarrar fibras para se aquecer e criar objetos. Acredita-se que a palavra seja derivada do árabe ‘migramah’ - ou ‘franja’, em bom português. Ainda no século XIII, era comum que os tecelões árabes confeccionassem franjas para seus camelos e cavalos, utilizando-as para afastar moscas dos animais. “Outros acreditam que o macramê deriva do turco ‘makrama’, que significa toalha ou guardanapo”, complementa Nathalie.

Ancestral, a técnica do macramê viajou o mundo e, hoje, é tendência no décor, capaz de levar aos ambientes um clima boho – seja ao ser utilizada em tapeçarias, hangers, luminárias, mantas. “Na Thirty Seven Trend, expomos diversos artesãos brasileiros que resgatam esse trabalho, compondo peças únicas e inteiramente manuais”, conta Nathalie.



É o caso da Maia, da estilista capixaba Marina Maia. Com sua marca, a artesã divide sua paixão por atividades manuais e segue um processo criativo livre e intuitivo, que resulta em formas e jogos de cor variados e únicos. A Nós em Nós, por sua vez, propõe uma reconexão com o lar - que, segundo a marca, é 'onde o coração está'. Suas peças de macramê são feitas cuidadosamente, com um trabalho artesanal minucioso e cheio de carinho.


Em seu site, Nathalie expõem hangers, luminárias, tapeçarias de parede e diversos acessórios em macramê. “Acredito que a Thirty Seven Trend é uma facilitadora, para que seja possível levar para dentro do lar um trabalho brasileiro, artesanal e ético - seja em um detalhe no lar, ou até mesmo ocupando uma parede de destaque”, afirma Nathalie.

Sobre Thirty Seven Trend

A Thirty Seven Trend surgiu através do conceito criado pela estilista Susie Faux na década de 70, chamado armário capsula. Segundo a estilista, poderíamos aprender a viver com menos e de forma mais sustentável através de um guarda-roupa reduzido a 37 peças, que poderiam ser substituídas a cada três meses - desde que, ao comprar uma nova peça, a antiga fosse vendida ou doada.

Inspirada nesse conceito slow fashion, a Thirty Seven Trend se apresenta como um marketplace pensado para aqueles que – assim como nós! - querem fazer escolhas melhores em busca de uma vida mais consciente e sustentável.

Fundada por Nathalie Serafin, que é graduada em Négocios e Marketing e pós-graduada em Design e Modelagem pela Esmod, uma das escolas mais tradicionais da França, a Thirty Seven Trend é um marketplace que visa promover marcas brasileiras que seguem a filosofia do consumo consciente e de moda sustentável. Aqui, reunimos produtos com qualidade que são feitos com baixo impacto ambiental.


Thirty Seven Trend www.thirtyseventrend.com @37trend

12 visualizações0 comentário