Transformações na planta e décor se destacam no projeto assinado pelo escritório Oliva Arquitetura

As arquitetas Bianca Atalla e Fernanda Mendonça promoveram mudanças no layout que permitiu transformar um quarto em sala de TV, além de integrar, de forma fluida e harmoniosa, a área social do apartamento


Trabalhando com a integração na ala social, as arquitetas do escritório não deixaram de cogitar possíveis momentos em que a setorização dos ambientes venha a ser conveniente para o dia a dia. Assim, projetaram uma porta de correr que separa a sala de TV do estar e jantar, proporcionando conforto acústico e privacidade nas horas de filmes e séries nos serviços de streaming | Foto: Júlia Ribeiro

Um lar mais moderno, com elementos atemporais e um espaço maior e aconchegante para receber visitas foram alguns dos pedidos realizados pela proprietária do imóvel para a dupla de profissionais Bianca Atalla e Fernanda Mendonça, à frente do escritório Oliva Arquitetura. Localizado no bairro do Itaim Bibi, o apto de 95m² foi projetado com um décor pautado em escolhas atuais para compor as modificações da planta que foram promovidas para atender os sonhos e necessidades do dia a dia da moradora. “Por já habitar no local por alguns anos, ela sabia exatamente o que funcionava ou não na sua rotina”, conta Bianca.

Para a realização do projeto de arquitetura de interiores, as arquitetas optaram pelo estilo neutro salpicado por tons mais fortes e sóbrios, soluções práticas e ambientes pautados em uma estética contemporânea e acolhedora, mas sem grandes ousadias. “Durante o briefing, ela nos contou sobre os pontos que lhe agradavam e mencionou sua vontade de dar um novo uso para o quarto de hóspedes” relembra Fernanda. O apto possuía três quartos, que contemplavam a suíte principal, um cômodo para os netos e outro que era destinado aos hóspedes. Dessa forma, o terceiro ganhou uma nova função: com a demolição da parede, a área foi incorporada ao living, alçando o status de sala de TV. “Mesmo tendo perdido, aparentemente, a sua função original, fizemos questão de colocar um sofá-cama retrátil para que o cômodo ainda seja acolhedor para as futuras visitas que nossa cliente possa recepcionar”, continua Fernanda.



No novo home theater é possível curtir momentos em família em um espaço amplo, e ao mesmo tempo, íntimo ao fechar as folhas da porta. Ficou um charme! | Foto: Júlia Ribeiro


O tom claro escolhido para a marcenaria da porta harmoniza perfeitamente com a paleta de cores neutras eleitas para o sofá e tapete. Os pontos de cor que trazem vivacidade ao novo cômodo se fazem evidentes na poltrona de suede azul marinho, na mantinha, almofadas e objetos de decoração em tons terrosos. As plantinhas nas prateleiras, logo acima do sofá, não poderiam ficar de fora, uma vez que contribuem na proposta de gerar um clima relaxante para uma boa maratona de filmes em frente à TV.



Do lado da sala de estar, as folhas da porta de correr se mesclam com o painel ripado. A presença da madeira é providencial com o intuito de propiciar bem-estar e aconchego à morada | Foto: Júlia Ribeiro

Além da remoção da parede e constituição de um novo espaço, as arquitetas também investiram na troca do piso de todo apartamento. “Quando percorremos o caminho da integração, é sempre interessante que o apê como um todo apresente o mesmo piso para que não haja uma quebra no visual”, explica Bianca. Ainda para driblar este efeito e conferir amplitude, as arquitetas trabalharam – com sucesso! – no desafio de executar a porta de correr sem o uso de trilhos no chão. “Não seria nada prático ter um elemento no chão que provocasse a divisão entre os cômodos. Além de não ser visualmente bonito, queríamos eliminar o risco de tropeços”, pontua Fernanda.


Para acompanhar o tom azul da poltrona, as arquitetas destacaram gradientes da cor na composição dos quadros apoiados e na manta que aquece as noites invernais| Foto: Júlia Ribeiro

A delicadeza das escolhas é a essência do estar. Os quadros e o arranjo com as duas mesas de centro produzem o efeito arrojado que a cliente buscava. A poltrona foi incorporada no projeto justamente para conceber uma triangulação entre os espaços e faz par com a peça posicionada também na sala de TV. “Buscamos móveis que fossem capazes de oferecer esse dinamismo de serem realocados com facilidade, oferecendo diversos cenários”, discorre Bianca.




Próxima ao sofá, a mesa de jantar com tampo em laca brilhante é acompanhada por quatro posições de cadeiras estofadas. A madeira e o tom do tecido estão em consonância entre os móveis dispostos nos dos ambientes| Foto: Júlia Ribeiro

Passando para a sala de jantar, o diferencial fica por conta do aparador em laca branca. Feito sob medida e como uma extensão do apoio para os quadros alinhados no estar, o móvel faz as vezes de apoio nas refeições e, no cotidiano, é decorado com alguns objetos. O lustre pendente acentua a luz em cima da mesa, incorporando um clima gostoso para os encontros familiares.

Outro ponto especial são os pufes guardados embaixo do aparador do hall de entrada. Além de serem mais uma possibilidade de assento, também podem servir de apoio para os netos fazerem aquela bagunça gostosa e típica de casa de avó.



mix entre o preto, branco e nuances de cinza das pastilhas de vidro aplicadas no backsplash da pia foi primordial para o intuito de deixar a cozinha mais leve e atual | Foto: Júlia Ribeiro

Na cozinha as intervenções foram menores e priorizaram questões pontuais. A bancada foi mantida, os armários restaurados e a antiga parede de azulejos recebeu uma pintura lavável. “Esta é uma ótima opção para quem quer renovar sem quebra-quebra, pois seguindo o processo correto, conseguimos aplicar massa e pintar por cima dos revestimentos”, explica Bianca. O destaque ficou para o backsplash que recebeu o revestimento do tipo pastilha de vidro em tons de preto, branco e cinza e deu o efeito de grande mudança que as especialistas almejavam.



Bem-estar em cada detalhe! Com o branco sendo a cor predominante, é impossível não sentir a paz que este quarto transmite. Os pontos de cor, como o bege da parede, o rosa e o cinza evidenciados na manta e almofadas, equilíbrio e sossego para excelentes noites de sono | Foto: Júlia Ribeiro

No dormitório principal, o desejo expresso pela proprietária era o de ter uma cabeceira diferente, viver um clima aconchegante e reformar o armário já existente. “Promovemos a troca das portas do armário, projetamos uma cabeceira de marcenaria e elegemos tons bem gostosos”, detalha Fernanda.




Com o mix de revestimentos em tijolinho e mármore, o banheiro traz elementos dos estilos moderno e clássico sem perder a aparência clean. | Foto: Júlia Ribeiro

Por fim, no banheiro da suíte foi realizada a troca de revestimentos e pisos, além da pintura da área seca e um novo projeto de iluminação. Visando a segurança e estabilidade da moradora, a área do box passou a contar com uma barra de apoio. Já na bancada com cuba esculpida, a peça marmorizada se sobressai por sua aparência atemporal e veios que compõem super bem com a unidade de todo apartamento. Sobre a Oliva Arquitetura: À primeira vista, quem observa a dupla formada por Bianca Atalla e Fernanda Mendonça não imagina o extenso portfólio das experientes arquitetas. Juntas desde 2015, elas comandam o escritório Oliva Arquitetura e cuidam com carinho e dedicação desde a concepção do projeto até o acompanhamento e gerenciamento de obra. Também assinam a decoração dos ambientes, cuidando da seleção de cada item que vai ajudar a contar a história dos moradores. Com especialização em reforma de interiores residencial, o escritório também atua com excelência em projetos comerciais e corporativos, desenvolvendo áreas comuns de prédios, como halls, e apartamentos decorados. A sensibilidade, o detalhismo e a inventividade são as marcas registradas de Bianca e Fernanda, que juntas se dedicam à criação de ambientes atemporais com um quê de sofisticação, outro quê de simplicidade, além de uma equilibrada mistura de tons e de materiais incomuns. Nesse caldeirão de ideias, apurado através de viagens, literatura, cinema e eventos nacionais e internacionais de design e arquitetura, tem sempre lugar para elementos bem brasileiros, como os tijolos e os ladrilhos hidráulicos.